Quantas cidadanias uma pessoa pode ter? Descubra!

Quantas cidadanias uma pessoa pode ter? Você provavelmente já deve ter se questionado a respeito, não? Se você está em busca desta resposta, já dizemos logo de cara: é possível que uma mesma pessoa tenha mais de sete nacionalidades diferentes! 

Quer entender melhor a respeito disso tudo? Acompanhe este post. 

Afinal, quantas cidadanias uma pessoa pode ter?

Em primeiro lugar, o cidadão pode ter a cidadania do local onde nasceu (dependendo da legislação do país). Depois, ele pode solicitar, por vínculo de sangue, a nacionalidade do país onde nasceu seu pai e sua mãe. Até aqui, são três nacionalidades. 

Da mesma forma, ele pode solicitar a cidadania do país onde nasceram seus avós. E se cada um nasceu em um país diferente, são mais quatro cidadanias.

Ainda, vale ressaltar que á outros meios de adquirir uma segunda cidadania, que não seja por ascendência. Uma dessas outras formas trata-se da cidadania por investimento. Por exemplo, em países como Dominica, São Cristóvão e Névis, Santa Lúcia, Antígua e Barbuda e Granada, é possível adquirir a cidadania em menos de um ano.

Outros programas exigem um período prévio como residente, como o Golden Visa Portugal e o Golden Visa Espanha. Nesse caso, o prazo é maior: respectivamente 5 e 10 anos para obtenção da cidadania.

O que é o Programa Golden Visa?

O Programa Golden Visa tem crescido bastante nos últimos anos e é uma excelente alternativa para quem morar em Portugal e viver tranquilamente. Se você pretende morar em Portugal e tem dinheiro para investir em imóveis, o Golden Visa é a sua melhor opção.

Mas por conta de todas as variáveis entre um programa e outro, o recomendado é sempre conversar com um especialista para saber qual programa melhor se adequa às suas necessidades.

Quais as vantagens da múltipla cidadania?

A grande vantagem é a capacidade de viver e trabalhar livremente em vários países, possuir propriedades em ambos e viajar entre esses países com relativa facilidade.

Como-conseguir-a-dupla-cidadania

Se uma das nacionalidades em questão for um dos países da União Europeia, então, a vantagem é ainda maior, porque você terá acesso facilitado aos demais países do bloco e da Zona Schengen.

Ter o passaporte de um cidadão do país a ser visitado elimina, por exemplo, a necessidade de vistos de visita e permanência e de questionamentos sobre o objetivo de sua viagem pelos agentes de imigração.

A aquisição da dupla cidadania também abre um novo leque de oportunidades para o requerente. Por exemplo, a possibilidade de se mudar para um país com segurança, educação de primeiro mundo e acesso facilitado à saúde.  abertura de portas. Ainda, é uma forma de sempre  ter um “plano B” para se proteger contra eventuais crises.

Vale dizer que a estabilidade não é direcionada somente ao investidor, já que sua família recebe os mesmos direitos. Ou seja, trata-se de um investimento a longo prazo que pode ser repassado às gerações futuras.

Quem tem cidadania europeia pode morar em qualquer país?

Se você tem cidadania de algum dos países que compõem a União Europeia, então você pode circular ou morar em qualquer país do bloco, sem necessidade de visto consular para estudo, moradia ou trabalho.

Por que ter múltiplas cidadanias?

Uma pessoa que deseja ter duas ou mais cidadanias deve saber que, junto com as vantagens e os direitos adquiridos como cidadão de outro país, vêm também as responsabilidades. 

Sim, se você quer uma dupla cidadania porque é descendente de português, por exemplo, saiba que você também passará a prestar contas ao governo português. Então, pense bem antes de optar por muitas cidadanias.

Múltiplas cidadanias além da árvore genealógica

A lei brasileira ainda prevê a dupla ou múltipla cidadania além dos laços consanguíneos. O brasileiro também pode requerer cidadania caso isto seja obrigatório como condição de permanência no território que se encontra ou como condição para o exercício de direitos civis.

 Em outras palavras: quando o visto de permanência não é suficiente para o exercício dos direitos civis.

Para ter múltiplas cidadanias, é preciso abrir mão da nacionalidade brasileira?

Não. O que acontece é que, caso você não se enquadre nos dois únicos casos permitidos para múltiplas nacionalidades no Brasil – laços consanguíneos ou obrigação para permanência no país que reside, pode ser que você seja objeto de um processo administrativo de perda de nacionalidade.

Cada vez mais brasileiros com cidadania europeia

Uma curiosidade, entre 2002 e 2017, o número de passaportes europeus concedidos a brasileiros aumentou mais de 800%. Os dados são da Eurostat, o escritório oficial de estatísticas da União Europeia. Portugal é responsável por quase um terço dos casos de dupla nacionalidade entre os brasileiros, seguido por Itália, Espanha e Alemanha.

E então? Depois de descobrir quantas cidadanias uma pessoa pode ter, você acha que vale a pena ter mais de uma cidadania? 

Se você não tem cidadania europeia e ainda assim pretende se mudar, confira nosso artigo: O que você precisa saber para morar em Portugal.

Como podemos ajudar?

Global Citizen Solutions é uma empresa de consultoria com anos de experiência no fornecimento de soluções personalizadas de residência e cidadania por investimento para famílias internacionais.

Com escritórios em todo o mundo e uma equipe dedicada e experiente, ajudamos clientes de todo o mundo na busca de oportunidades para atingirem o sucesso desejado.

Quer o seu foco seja um programa Golden Visa europeu, identificar oportunidades de investimento em imóveis e fundos, buscar assistência jurídica e tributária ou mudar-se para o exterior, possuímos o know-how necessário para lhe orientar nas tomadas de decisões.

Junto a um consultor dedicado, você poderá determinar seus objetivos, resolver suas dúvidas e estabelecer um caminho de sucesso para avançar.

Deseja falar com um especialista e saber mais sobre as suas opções de investimento para um programa Golden Visa? Nós podemos ajudar.

Clique aqui Arrow Icon

FAQ

É possível comprar um segundo passaporte?

Legalmente, não é possível comprar um segundo passaporte. No entanto, alguns governos são abertos à possibilidade de conquistar a cidadania por meio de investimento.

Ou seja, enquanto o país recebe recursos para direcionar para a economia local, o investidor recebe os direitos de se tornar um cidadão nativo.

Esses processos são chamados de programas de cidadania por investimento, uma maneira muito popular para adquirir o passaporte de outro país.

Quais as vantagens da cidadania europeia?

Uma das principais vantagens da cidadania europeia é a liberdade para viajar. Como cidadão europeu, você também terá o direito a viver e trabalhar em qualquer lugar da Área Econômica Europeia (EEA).

Com o visto de residência, você poderá viajar para qualquer um dos países que compõem a Zona Schengen e muitas outras nações ao redor do mundo.

Além disso, há uma série de benefícios fiscais gerados através da cidadania europeia.

Meus filhos podem conseguir a dupla nacionalidade?

Sim. Muitos programas de cidadania por investimento envolvem outros membros da família, como filhos, cônjuges e outros familiares diretos.