Golden Visa: 5 fatos que você precisa saber sobre o programa de cidadania europeia

Existem fatos sobre o Golden Visa que são conhecidos por boa parte das pessoas.

Por exemplo, que a residência europeia oferece mobilidade, segurança e a possibilidade de solicitar a cidadania após alguns anos.

No entanto, é preciso ressaltar: cada programa tem suas próprias características. Exigências, tipos de investimento, valor, requisitos de residência, tempo de processamento, processos de renovação etc.

A busca por informações sobre o programa cresce a cada ano. Não é à toa. Afinal, muitos investidores (e seus familiares) já usufruem dos benefícios do programa.

Se você tem interesse no assunto e quer conhecer alguns fatos interessantes sobre o Golden Visa, chegou ao lugar certo.

No texto a seguir, conheça algumas das principais informações sobre o Visto Gold que podem ser úteis para tomar a sua decisão.

Antes de tudo, o que é o Golden Visa?

Golden Visas são programas governamentais que permitem que investidores vivam e trabalhem em um país em troca de um investimento substancial. Normalmente, são voltados ao setor imobiliário ou em formato de doação a órgãos públicos.

Eles apresentam diferentes configurações. No Golden Visa Portugal, por exemplo, primeiramente é concedida a residência portuguesa. Após 5 anos, é possível solicitar a cidadania.

Já no caso do Golden Visa Espanha, o processo funciona de maneira similar, mas o prazo para se tornar cidadão é de 10 anos.

Esses programas trazem muitos benefícios para o requerente, como:

  • Possibilidade de se mudar para um país de economia estável, com altos índices de segurança, educação e saúde de primeiro mundo
  • Passe livre para viajar pelos países que compõem a Zona Schengen
  • Extensão dos benefícios a familiares diretos
  • Diversificação de patrimônio
  • Oportunidade de ganhos.

Além disso, há outras vantagens que variam de acordo com o país escolhido.

Quais são alguns fatos interessantes sobre o Golden Visa?

A seguir, conheça alguns fatos sobre o Golden Visa e fique por dentro das principais curiosidades que cercam o programa.

1. Em alguns casos, não é preciso viver no país para manter o visto

Dependendo do programa Golden Visa escolhido, não é preciso viver no país para manter a residência.

No caso do Golden Visa Portugal, por exemplo, é preciso passar apenas 7 dias em média ao ano para mantê-lo.

Por conta disso, é perfeito para investidores interessados em residências de férias.

2. É possível optar por diferentes tipos de investimento

O principal tipo de investimento nos programas Golden Visa é o imobiliário.

No entanto, é possível optar por outros formatos.

Alguns exemplos são:

  • Doação governamental
  • Investimento em negócios locais
  • Abertura de empresa com geração de empregos
  • Investimento em títulos do governo
  • Investimento conjunto
  • Investimento combinado
  • Investimento em estrutura
  • Transferência de capital
  • Reabilitação imobiliária
  • Investimento em fundos de capital privado.

Por essa razão, é muito importante entrar em contato com um especialista antes de tomar a decisão.

3. O Golden Visa é a porta de entrada para a cidadania

Em alguns países, é necessário manter a residência por algum tempo antes de solicitar a cidadania, como Portugal e Espanha.

Em outros, ela é concedida de maneira mais ágil, como nos casos de Antígua e Barbuda, Dominica e Granada.

Além disso, existem alguns programas Golden Visa que não oferecem a naturalização.

4. Dá acesso a um dos mais poderosos passaportes do mundo

Um dos principais benefícios do Golden Visa é o passe livre para viajar por diversos países do mundo. Ou seja, um passaporte poderoso.

O passaporte europeu, por exemplo, permite a entrada em países que compõem a Zona Schengen e a União Europeia.

Ao longo dos anos, classificações de passaportes globais populares, como o Nomad Passport Index, foram desenvolvidas, permitindo que as pessoas entendam como um passaporte pode facilitar viagens ao exterior com poucas ou nenhuma restrição de visto. Mas, além da isenção de visto, há também outros benefícios tão importantes quanto a obtenção de um segundo passaporte, que é abordado pelo Global Passport Index (Índice Global de Passaportes).

Esse índice usa um sistema de pontuação diferenciada para determinar o poder de um passaporte para negócios, qualidade de vida e oportunidades de investimento. Nossa ferramenta quantitativa oferece aos indivíduos uma visão geral detalhada da mobilidade e atratividade do país em três índices independentes: Índice Aprimorado de Mobilidade, Índice de Investimento e Índice de Qualidade de Vida. Cada índice permite que os usuários filtrem resultados para classificações individuais dos países.

Usamos dados quantitativos como indicadores para avaliação de critérios específicos que tornam certos passaportes tão atraentes. A classificação é baseada em dados de várias instituições internacionais e organizações multilaterais, como o Banco Mundial, o Fórum Econômico Mundial e o Relatório de Desenvolvimento Sustentável. Saiba mais dando uma olhada no site oficial do Índice Global de Passaportes.

5. É necessário passar por uma análise

Os programas Golden Visa têm diferentes requisitos para aprovação.

Na maior parte deles, é necessário ter um registro criminal limpo, comprovados fundos para realização do investimento e apresente um atestado de boa saúde.

A Global Citizen Solutions tem o prazer de ter ajudado muitos investidores na obtenção do visto.

Se você quer dar o primeiro passo para garantir o futuro da sua família, entre em contato conosco. Nossos especialistas estarão a postos para ajudá-lo na jornada.