Visto E2 americano: O Guia definitivo feito por Especialistas | GCS

Acompanhe este guia e descubra tudo que você precisa saber sobre o Visto E2: os requisitos, como se qualificar, o passo a passo e muito mais!

Os Estados Unidos têm uma longa história de criação de condições favoráveis ​​para estrangeiros e empresários interessados ​​em investir no país. 

Especificamente, o país hospeda um programa de Visto E2 que permite a você entrar e trabalhar dentro do país, desde que você faça um investimento substancial em uma empresa de boa-fé.

  • O que é o Visto E2 americano?
  • Quais são os principais benefícios do Visto E2?
  • Quais são os requisitos para o Visto E2?
  • Qual é a quantia de investimento para o Visto E2?
  • Guia passo a passo para obter o Visto E2
  • Qual o tempo para adquirir o Visto E2?
  • Quais são os impostos pagos para emitir o Visto E2?
  • É possível obter a cidadania dos Estados Unidos com o Visto E2?
  • Quais os documentos necessários para obter o Visto E2?
  • Quais as taxas cobradas para o Visto E2?
  • Como podemos ajudar?
  • FAQ

O que é o Visto E2 americano?

O Visto E2 é considerado um empreendimento empresarial, aquele que acolhe investidores qualificados que tem o objetivo de gerar lucro. O investidor deve estabelecer um empreendimento comercial ou comprar um negócio existente.

Visto-E2-o-que-é

Esse visto é classificado como um visto de não imigrante, considerado exclusivamente para empreendedores estrangeiros de países que têm um Tratado de Comércio e Navegação com os EUA.

O requerente da aplicação pode ser o dono da empresa ou um de seus funcionários. Neste último caso, ele deve possuir um cargo de executivo ou de supervisor, ou possuir habilidades que são altamente especializadas e essenciais para a operação da companhia.

Qual a diferença entre o Visto E2 e o Visto EB5? 

Muitas pessoas fazem confusão e acabam misturando o Visto E2 com o outro programa de visto de investimento dos EUA, o EB5

A principal diferença é que o Visto EB5 foi projetado para dar ao requerente principal a oportunidade de obter um Green Card permanente, com a dupla cidadania possível após um determinado número de anos.

Além disso, ao contrário do EB5, o Visto E2 não tem uma quantia definida de investimento (a única prerrogativa é que seja um valor substancial).

Curiosidade: Para obter mais informações e detalhes, consulte o nosso guia completo feito por especialista sobre o Visto EB5.

Quais são os principais benefícios do Visto E2?

Trabalhe legalmente nos Estados Unidos

Trabalhe legalmente nos Estados Unidos

Viaje sem restrições dentro e fora dos EUA

Viaje sem restrições dentro e fora dos EUA

Estadia por períodos ilimitados de dois anos, estendidos indefinidamente

Estadia por períodos ilimitados de dois anos, estendidos indefinidamente

Família incluída no pedido, como cônjuge e dependentes menores de 21 anos

Família incluída no pedido, como cônjuge e dependentes menores de 21 anos

Os filhos solteiros do candidato (menores de 21 anos) podem estudar nos EUA

Os filhos solteiros do candidato (menores de 21 anos) podem estudar nos EUA

Investimento com boa relação custo-benefício em comparação com outros programas

Investimento com boa relação custo-benefício em comparação com outros programas

E quais as desvantagens?

  • O programa não está aberto a todos. Apenas cidadãos de países com tratados de investimento com os EUA se qualificam (falaremos mais sobre isso nos próximos tópicos);
  • Você só pode trabalhar para o empregador específico ou empresa própria que atuou como patrocinador do seu visto;
  • A categoria de visto é aprovada a cada dois anos, com prorrogação somente possível se você mantiver suas atividades de investimentos no país.

Quais são os requisitos para o Visto E2?

Existem vários requisitos diferentes que você deve atender para aproveitar as vantagens do programa. 

Dividimos esse conteúdo por tópicos para facilitar o entendimento. Dito isto, é sempre recomendável consultar uma empresa de consultoria de serviços ao imigrante para mais conselhos e esclarecimentos sobre pontos específicos.

1. Você deve ser nacional de um país que faça parte do tratado

Atualmente, os países que participam do tratado são os seguintes:

A B C D E F G
Albânia Bahrein Camarões Dinamarca Equador Finlândia Geórgia
Alemanha Bangladesh Canadá Eslovênia Filipinas Granada
Argentina Bélgica Cazaquistão Espanha França
Armênia Bolívia Cingapura Egito
Austrália Bósnia Chile Estônia
Áustria Brunei China Etiópia
Azerbaijão Bulgária Coréia
Colômbia
Congo
Costa Rica
Croácia
H I J K L M N
Herzegovina Irlanda Jamaica Kosovo Letônia Macedônia Nova Zelândia
Honduras Israel Japão Libéria México Noruega
Holanda Itália Lituânia Moldávia
Iugoslávia Luxemburgo Mongólia
Montenegro
Marrocos
O P Q R S T U
Omã Paquistão Quirguistão Reino Unido Senegal Tailândia Ucrânia
Panamá República do Congo Sérvia Togo
Paraguai República Tcheca Sri Lanka Trinidad e Tobago
Polônia República Eslovaca Suriname Tunísia
Romênia Suécia Turquia
Suíça

Requisito: você deve ser cidadão de um dos países acima para cumprir o requisito do visto E2. 

Atenção: Não é suficiente ser apenas um residente. Seu passaporte deve pertencer a uma dessas nações do tratado (ou comerciante do tratado). No entanto, você não precisa morar lá. 

Para obter informações adicionais, visite o Escritório de Assuntos Consulares.

2. Quantidade substancial deve ser depositada

Embora alguns investimentos abaixo de $100.000 sejam aprovados, em geral, o capital de investimento e as reservas devem ser de $100.000 ou mais.

O investimento deve ser suficiente para garantir que a operação seja bem-sucedida. Você pode apresentar provas mostrando que o investimento é substancial, como extratos bancários, uma pauta detalhada de bens e materiais adquiridos, etc. 

Como um bônus, considere enviar um plano de negócios que mostre sua previsão de crescimento.

3. Os fundos colocados devem estar em risco

Neste contexto, “em risco” significa simplesmente que o investidor deve estar totalmente comprometido com seu empreendimento. 

Você deve ter gasto algum dinheiro para o início e o investimento deve correr o risco de ser perdido caso o negócio ou empresa seja considerado mal sucedido.

As considerações adicionais incluem:

  • Empréstimos garantidos para a empresa não são permitidos
  • Considere colocar a quantia do seu investimento em uma conta de garantia segura, para quando sua aplicação for aprovada

4. O investimento deve ser classificado como uma empresa operacional real

A empresa deve ser orientada para o lucro e oferecer um bem ou serviço. Os exemplos incluem: restaurantes, lojas de varejo, consultórios médicos, etc. 

Qualquer coisa considerada um investimento “vago”, como terrenos não urbanizados, imóveis ou ações detidas por um investidor individual não se qualificam.

Para completar, fundos não comprometidos em uma conta bancária ou título semelhante não constituem um investimento válido.

5. O investimento não pode ser marginal ou ocioso

Ao investir em uma empresa, não é suficiente que a empresa apenas gere uma renda significativa para você e seus familiares. Em vez disso, deve ter um impacto econômico significativo na economia dos EUA..

6. O único objetivo do investidor deve ser desenvolver e dirigir a empresa

O candidato deve ser o investidor principal ou empregado em uma capacidade de trabalho de supervisão, executiva ou altamente especializada. 

Empregadores comuns qualificados ou não qualificados não se qualificam. Ou seja, você deve provar que tem um papel importante a desempenhar no negócio investido. 

Uma maneira de fazer isso é mostrar que você detém pelo menos 50% da empresa nos Estados Unidos ou tem controle operacional suficiente (por exemplo, se você estiver em uma função gerencial).

quantia-de-investimento-para-o-Visto-E2

Qual é a quantia de investimento para o Visto E2?

A boa notícia, como já falamos anteriormente, é que o Visto E2 não tem uma quantia mínima de investimento. Tudo que você precisa fazer é mostrar que fez um capital substancial em um negócio. 

A grande questão é definir qual será a quantia apropriada para investir. As decisões sobre os pedidos de visto E2 dependem muito das circunstâncias específicas de cada caso.

Geralmente, os Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS) deixam a cargo do investidor principal a decisão. No entanto, para ter boas chances de aprovação, é aconselhado que se considere um investimento mínimo de US $100.000,00. 

Atenção: O requerente do Visto E2 deve demonstrar que os fundos não foram obtidos, direta ou indiretamente, de atividades criminosas.

Quais os requisitos para extensão do Visto E2?

Para estender seu visto, você pode:

  • Viajar para fora dos Estados Unidos e entrar novamente no país. Você receberá automaticamente uma renovação de dois anos;
  • Renovar seu visto nos EUA, preenchendo um pedido de prorrogação com o USCIS. Você deve enviar um novo formulário (I-129, I-539) e outros documentos de extensão do visto E2 para aplicação ao processo.

Guia passo a passo para obter o Visto E2

1. OBTER ACONSELHAMENTO DE UM ADVOGADO DE IMIGRAÇÃO

2. ESTABELECER O SEU NEGÓCIO

3. TRANSFERIR FUNDOS DE INVESTIMENTO

4. UTILIZAR OS FUNDOS DE INVESTIMENTO

5. ENVIAR FORMULÁRIO

1. Consultar advogados de imigração

O processo do Visto E2 dos EUA pode ser complicado. Recomenda-se consultar um advogado de imigração experiente que pode ajudá-lo com sua solicitação. 

A partir de um advogado qualificado, você pode garantir uma avaliação da situação específica, de modo que você consiga também atender aos critérios para obter o visto.

2. Estabeleça seu negócio

Em seguida, é hora de estabelecer sua empresa. Primeiro, você deve escolher se deseja ser uma corporação LLC ou outra formação empresarial. Depois disso, você deve abrir uma conta bancária para a empresa E2.

3. Transferir fundos para a conta bancária empresarial E2

Deposite a quantia do seu investimento na respectiva conta bancária empresarial. Embora não haja restrições quanto à quantia que você pode investir, tente atingir cerca de US $100.000.

4. Use os fundos para operar seu negócio

Em seguida, comece a gastar os fundos nos custos iniciais, incluindo equipamentos, suprimentos, marketing e quaisquer outras despesas operacionais de negócios. Observe, não é suficiente apenas ter o dinheiro na sua conta bancária, você deve gastá-lo.

5. Envie o formulário do Visto E2

Assim que seu negócio estiver estabelecido e seus fundos gastos, você pode agora apresentar seu formulário para o Visto E2.

Importante: A maioria dos investidores hesitam em começar a gastar seus fundos de investimento antes de preencher o formulário. Mas é assim que funciona o processo. 

Sempre há uma chance de o Visto E2 ser negado, e isso faz parte do seu componente de investimento “em risco”. 

Observe que o formulário de negócios do Visto E2 provavelmente será aprovado se você gastar seus fundos. Embora não seja garantido, consultar um advogado aumentará ainda mais as chances de sua inscrição ser aprovada.

Qual o tempo para adquirir o Visto E2?

Timeline-visto-e2

Mês 1: coleta de documentos

Depois que um advogado analisa seu caso, ele fornecerá uma lista de documentos de que você precisará para se preparar para o pedido de visto. O processo de coleta de documentos leva cerca de um mês.

2 semanas: preparação jurídica

Uma vez que seus documentos estão nas mãos de seu advogado, leva aproximadamente duas semanas para preparar e concluir tudo. Eles então irão apresentar seu formulário..

2-3 meses: processamento consular / mudança de status

Dependendo da rota que você fizer, a linha do tempo será ligeiramente diferente. Se você não estiver nos EUA, sua solicitação será processada no consulado dos Estados Unidos em seu país de origem. 

Se você estiver nos Estados Unidos, poderá alterar o status do seu visto para o status E2, enviando o seu pedido diretamente para o USCIS. 

Uma mudança de status por meio do USCIS leva cerca de 2 a 3 meses. Pagando $2.500 extras, você pode passar pelo processamento premium. Ou seja, o tempo de processamento é reduzido em 15 dias úteis.

2 anos: Renovar status

A cada dois anos, você pode renovar seu status para o Visto E2.

Quais são os impostos pagos para emitir o Visto E2?

Será preciso pagar impostos sobre todos os rendimentos qualificados. No entanto, o quanto você paga depende de sua situação fiscal. 

Dependendo se você é um estrangeiro residente ou um estrangeiro não residente (para fins fiscais), o tratamento fiscal será diferente. É recomendado fazer o Teste de Presença Substancial para determinar seu status.

Em caso de dúvida, fale com um especialista contábil para ajudar a determinar sua situação fiscal no país.

como-obter-a-cidadania-americana-visto-e2

É possível obter a cidadania dos Estados Unidos com o Visto E2?

O Visto E2 não leva diretamente à dupla cidadania, nem ao Green Card. No entanto, os solicitantes de visto podem explorar algumas opções que levam à residência permanente e, indiretamente, à cidadania, desde que o status E2 permaneça inalterado.

Vale dizer que o Visto E2 possibilita a permanência enquanto o proprietário seguir o Business Plan (Plano de Negócio) apresentado para imigração, como geração de empregos, receita e pagamento dos impostos.

Quais os documentos necessários para obter o Visto E2?

A documentação para o Visto E2 é extensa e pode sofrer alterações a qualquer momento. Por isso, é aconselhável verificar com o USCIS para atualizações. Entretanto, disponibilizamos uma lista abaixo que pode ser utilizada como uma visão geral do que normalmente é pedido. Acompanhe:

Documentação para o Visto E2

  • Formulário DOS DS-160, Pedido de Visto de Não Imigrante;
  • Formulário DOS DS-156E, Solicitação de Investidor / Comerciante Não Imigrante;
  • Uma cópia do seu passaporte, válido por pelo menos seis meses além do período de permanência nos EUA, com pelo menos uma página em branco;
  • Foto colorida tamanho passaporte mostrando o rosto inteiro sem cobertura da cabeça contra um fundo claro;
  • Plano de negócio delineando esquema de investimento;
  • Evidência no acordo comercial de trabalho que você será empregado em uma capacidade de supervisão ou executiva, ou possui conhecimento altamente especializado ou habilidades especializadas essenciais para a operação eficiente da empresa;
  • Provas de posse e controle de fundos de investimento (registros bancários, demonstrações financeiras, empréstimos, poupanças ou notas promissórias);
  • Provas de remessa para os EUA (saques bancários, transferências, licenças de câmbio ou recibos.);
  • Provas de estabelecimento de negócios nos EUA (contrato social, acordo de parceria, gráficos de organização e pessoal, ações, títulos, contratos, recibos, licenças ou arrendamentos);
  • Prova da nacionalidade do investidor (passaportes, atos constitutivos da empresa-mãe ou cotações na bolsa de valores);
  • Provas de investimentos nos EUA (títulos, recibos, contratos, empréstimos ou extratos bancários);
  • Provas de substancialidade (demonstrações financeiras, auditorias, declarações de impostos de empresas);
  • Provas de que não é uma investimento marginal (registros da folha de pagamento, Formulário 941 do IRS, declarações de impostos pessoais, evidências de outros bens pessoais e renda);
  • Provas de que a empresa é uma organização real e operacional (relatórios anuais, catálogos, literatura de vendas, artigos de notícias e outras evidências, conforme apropriado).

Documentos para comprovar que a empresa é genuína

  • Aviso de atribuição de um número de identificação do empregador do Internal Revenue Service (IRS);
  • Declarações fiscais;
  • Declarações financeiras;
  • Relatórios trimestrais de salários ou resumos da folha de pagamento (ou seja, W-2s e W-3);
  • Organograma de negócios;
  • Licenças comerciais;
  • Extratos bancários, contas de serviços públicos e anúncios / listas de listas telefônicas;
  • Contratos ou acordos de cliente / fornecedor;
  • Documentos de custódia;
  • Contrato de locação.

Quais as taxas cobradas para o Visto E2?

Abaixo, listamos as taxas para o Visto E2 como uma forma de estimativa. Vale dizer que os valores dependem de vários fatores, confira:

  • Taxa de investimento: Valor aproximado, $85.000 a $100.000 (e acima);
  • Entrada com o formulário no consulado (DS-160): $370;
  • Entrada com o formulário para mudança de status via USCIS: $460;
  • Dependentes incluídos na petição de mudança de status: $370;
  • Opção de processamento de prêmio E2: $1.440;
  • Despesas com serviços para imigrantes: estimativa de $3.000 a $4.500.

Como podemos ajudar?

A Global Citizen Solutions é uma empresa de consultoria com anos de experiência no fornecimento de soluções personalizadas de residência e cidadania por investimento para famílias internacionais.

 Com escritórios em todo o mundo e uma equipe dedicada e experiente, ajudamos clientes de todo o mundo na busca de oportunidades para atingirem o sucesso desejado.

Quer o seu foco seja um programa de investimento americano, identificar oportunidades de investimento em imóveis e fundos, buscar assistência jurídica e tributária ou mudar-se para o exterior, possuímos o know-how necessário para lhe orientar nas tomadas de decisões.

Junto a um consultor dedicado, você poderá determinar seus objetivos, resolver suas dúvidas e estabelecer um caminho de sucesso para avançar.

Entre em contato com os nossos especialistas, assim poderemos tirar suas dúvidas e elaborar um plano de ação personalizado.

Clique aqui Arrow Icon

FAQ

Onde me inscrevo para o Visto americano E2?

Você tem duas opções quando se trata de preencher os pedidos de visto. Você pode solicitar no consulado americano do país de nacionalidade ou residência ou, alternativamente, pode solicitar uma mudança de status nos Estados Unidos com o USCIS.

É possível obter a residência permanente legal com o Visto E2 americano?

De acordo com as leis dos EUA, é possível solicitar um Green Card e se tornar um residente permanente, embora indiretamente, e sem arriscar seu status de Visto E2 no processo. 

Para fazer isso, uma pessoa ou organização qualificada deve registrar uma petição de imigração junto aos Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA em seu nome.

Brasileiros podem se qualificar para o Visto E2?

Infelizmente, apenas cidadãos de países com um acordo de comércio e navegação com os Estados Unidos são elegíveis para o processo do Visto E2. 

O Brasil não está na lista, mas muitos brasileiros ainda podem ir para os Estados Unidos com o Visto E2. A chave é a dupla nacionalidade. 

O Brasil, assim como os Estados Unidos, é um país formado principalmente por imigrantes e descendentes de imigrantes.

Muitos brasileiros têm dupla nacionalidade que pode ser usada para se qualificar para o Visto E2. 

Pessoas com cidadania de quase qualquer um dos países da Europa Ocidental podem se qualificar para o Visto E2, isso se aplica mesmo que o titular da cidadania nunca tenha estado no país elegível para o visto e não fale o idioma. 

Assim, só é necessário possuir legalmente o passaporte.